Órgão regulador europeu aprova vacina da Moderna contra o novo coronavírus - Rádio Liberdade FM Online

Órgão regulador europeu aprova vacina da Moderna contra o novo coronavírus

A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica norte-americana Moderna se tornou a segunda a receber a aprovação do órgão regulador de medicamentos da Europa, nesta quarta-feira (6), enquanto as autoridades aceleram o lançamento de vacinas para conter a pandemia em meio a preocupações com variantes mais infecciosas.

Depois do sinal verde da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), a etapa final é a aprovação pela Comissão Europeia, o que deverá ocorrer rapidamente.

“A EMA recomendou a concessão de uma autorização de introdução condicional no mercado da vacina contra Covid-19 da Moderna para prevenir a doença por coronavírus (Covid-19) em pessoas a partir dos 18 anos de idade”, afirmou o órgão, em seu site.

O comitê de medicamentos para humanos da da EMA avaliou os dados sobre a qualidade, segurança e eficácia da vacina e recomendou, por consenso, que uma autorização de comercialização condicional seja concedida pela Comissão Europeia.

Isto assegurará aos cidadãos da UE que a vacina cumpre as normas do bloco e estabelece as salvaguardas, controles e obrigações para sustentar as campanhas de vacinação em toda a UE.

“Esta vacina nos fornece outra ferramenta para superar a emergência atual”, disse Emer Cooke, diretor-executivo da EMA. “O fato de termos esta segunda recomendação de vacina positiva pouco menos de um ano desde que a pandemia foi declarada pela OMS [Organização Mundial da Saúde] é uma prova dos esforços e do compromisso de todos os envolvidos”, continuou. 

“Como acontece com todos os medicamentos, monitoraremos os dados sobre a segurança e eficácia da vacina para garantir a proteção contínua do público da UE. O nosso trabalho será sempre orientado pelas provas científicas e pelo nosso compromisso de salvaguardar a saúde dos cidadãos da UE.”

Ainda de acordo com a EMA, a vacina da Moderna mostrou uma eficácia de 91,4% nos testes conduzidos no continente – apenas 11 das 14.134 pessoas vacinadas apresentaram sintomas da doença..

Vacina contra Covid-19 da Moderna
Vacina contra Covid-19 da Moderna

O estudo também indicou que o imunizante tem eficácia de 90,9% em pessoas com risco de desenvolver formas graves da doença, incluindo aqueles com doença pulmonar crônica, doença cardíaca, obesidade, doença hepática, diabetes ou infecção por HIV.

A alta eficácia também foi mantida em todos os gêneros, grupos raciais e étnicos.

Após a divulgação da recomendação de uso da EMA, a Comissária de Saúde da União Europeia (UE), Stella Kyriakides, afirmou que a aprovação do uso do imunizante pelo bloco deve ser emitida em pouco tempo.

“Com a aprovação da vacina da Moderna pela EMA, estamos mais próximos de nosso objetivo de ter um portfólio de vacinas contra Covid-19 seguras e eficazes. A autorização da Comissão Europeia virá em breve”, disse Kyriakides, em mensagem publicada no Twitter.

Por: R. Amaral | Fonte: CNN | 06/01/2021