Cor branca de 'segregadores' fixados em faixa exclusiva do BRT reduz visualização, causa risco e gera reclamações - Rádio Liberdade FM Online

Cor branca de ‘segregadores’ fixados em faixa exclusiva do BRT reduz visualização, causa risco e gera reclamações

Conhecidos como “segregadores”, obstáculos fixados pela Superintendência Municipal de Trânsito ao longo das avenidas Getúlio Vargas e Olímpio Vital, no centro da cidade, estão causando riscos a motoristas e pedestres.

A reclamação foi feita esta semana por vários vereadores. O vereador Roberto Tourinho (PSB), em discurso na sessão da última terça-feira (1) na Câmara Municipal disse que há relato de vários munícipes insatisfeitos com a presença do ‘’gelo baiano’ naquele trecho do centro da cidade.

De acordo com o edil, os sinalizadores colocam os condutores em risco e ainda podem trazer prejuízos aos veículos. “Eu não sei de quem foi aquela magnífica ideia, mas, tem acontecido acidentes com motociclistas, ciclistas e pedestres”.

Na quarta-feira (02), o próprio líder da bancada governista, Marcos Lima (DEM), também chamou a atenção para um detalhe: a cor branca do segregador. Ele foi colocados para impedir que automóveis e motocicletas invadam a faixa exclusivamente destinada aos ônibus do BRT, porém a cor dificulta a visualização, aumentando o perigo de acidentes.

“Uma cor diferenciada como amarelo, laranja, para ser mais visível à distância”, sugere o vereador.
Ele diz que as pessoas sabem que a faixa vai ser exclusiva para o BRT, mas o sistema ainda não entrou em funcionamento. “Minha preocupação é, especialmente, com as pessoas de moto, pois o acidente pode ser fatal”. 

Por: R. Amaral | Fonte: AcordaCidade | 03/09/2020