Procura por profissionais de tecnologia cresce 671% durante a pandemia - Rádio Liberdade FM Online

Procura por profissionais de tecnologia cresce 671% durante a pandemia

procura por profissionais de tecnologia cresceu mais de 670% só em 2020. Um dos profissionais mais procurados é o desenvolvedor, fundamental para o avanço da revolução tecnológica em curso.

A terceira reportagem da série especial Economia Digital mostra como novas oportunidades no mercado de trabalho impulsionam a tecnologia brasileira.

No Brasil, desde o início da pandemia, houve 85 mil novas vagas para quem lida com tecnologia. Para algumas funções, em São Paulo, a procura por profissionais em 2020 cresceu mais de 600%.

“Todas as empresas de tecnologia estão recrutando. Ao mesmo tempo, a gente também tem uma revisão do que é o formato de empresa do mundo de hoje”, diz o co-fundador da 99 Jobs, Eduardo Migliano.

Essa revolução digital colocou os profissionais de tecnologia em um novo mundo. Entre as 10 profissões que mais cresceram no Brasil estão analista de sistemas, analista de suporte, analista de business intelligence e desenvolvedor.

A empresa PK XD foi uma das que contrataram muita gente nova para pensar e fazer do mundo virtual um lugar ainda mais interessante.

Nos primeiros quatro meses de 2020, eles atraíram 10 milhões de pessoas para um de seus principais jogos. Hoje, o game já possui 50 milhões de usuários.

“O jogo começou com 8 pessoas, basicamente 4 artistas e 4 programadores”, conta o diretor de tecnologia do PK XD, Charles Barros. “Dessas 8 pessoas, a gente cresceu bastante, chegamos a 100 pessoas no início do ano e, até agora, estamos com quase 200.”

Foi tanta vaga que surgiu de uma vez na área de tecnologia, que as portas se abriram até mesmo para quem estava longe de conseguir um trabalho na própria cidade. O levantamento de uma empresa de identificação digital registrou 163 mil contratações por meios digitais em 2020, um aumento de 87,9% em relação a 2019.

A área de tecnologia também é líder com o maior número de vagas voltadas pra profissionais recém-formados. Os desenvolvedores brasileiros são talentosos e disputados pelo mercado. O problema é quando o mundo paga em dólar ou euro, e quer levar esses profissionais para outros países.

Nesse momento, é a hora de focar no mais importante. Como eles são fundamentais para o crescimento do setor, é preciso entender como segurá-los.

“O dinheiro não é tudo para essa nova geração que está aí, eles querem desafio e propósito. Uma forma de segurá-los aqui na nossa região é oferecer a eles oportunidades de trabalho que os desafios e que sejam alinhados com seus propósitos pessoais”, avalia o presidente da VTEX no Brasil, Rafa Forte.

Por: R. Amaral/Márcia Chaves | Fonte: CNN | 27/10/2021