MPF denuncia 3 britânicos por tráfico no caso de veleiro apreendido com brasileiros com 1t de cocaína na África

Segundo o órgão, Saul, Delbos e Bolton foram responsáveis por acondicionar a droga no casco de embarcação, sem que os brasileiros soubessem. Dois baianos e um gaúcho ficaram presos por 18 meses.

O Ministério Público Federal (MPF) informou, nesta terça-feira (14) que ofereceu denúncia contra os britânicos George Edward Saul, Robert James Delbos e Matthew Stephen Bolton por tráfico de drogas no caso do veleiro que foi apreendido com brasileiros com uma tonelada de cocaína na África.

Segundo o órgão, os britânicos, sob a liderança de Saul, foram os responsáveis por acondicionar a droga no casco da veleiro, sem que os brasileiros contratados para transportar a embarcação soubessem. Dois baianos e um gaúcho chegaram a ficar presos por 18 meses após serem flagrados com a cocaína no arquipélago de Cabo Verde. A embarcação tinha saído de Salvador com destino à Europa, em agosto de 2017.

No final de abril, o inglês Robert James Delbos, suspeito de ser um dos responsáveis por colocar a droga no barco, confirmou, em depoimento à polícia, que os brasileiros não sabiam que a droga estava na embarcação e que são inocentes. Delbos foi preso na Espanha em junho de 2018 por ordem da Justiça brasileira e foi extraditado para Salvador no dia 11 de abril.

O MPF já havia requerido a prisão preventiva dos três denunciados em dezembro do ano passado, quando teve seu pedido parcialmente deferido pela Justiça Federal, que determinou a prisão de Saul e de Delbos.

Fonte:G1

Compartilhe
Comentários
Loading...
WhatsApp chat Fale conosco